Qualidade e performance – Dados – ROI

Impactos da Qualidade dos dados nos resultados e
performance das empresasIndicadores de Retorno (ROI) – Parte 1

Nossa jornada para tratar deste tema se inicia pela origem, ou seja, pela falta de metodologias, processos, ferramentas especialistas, equipes multidisciplinares e atuação reativa sem foco em gestão estratégica dos dados, impactando não só a QUALIDADE E CONFIABILIDADE dos mesmos, mas todos os processos e áreas envolvidas no ciclo de abastecimento (Supply Chain) e em consequência os resultados obtidos (financeiros, compliance, governança corporativa) e credibilidade da empresa, junto ao mercado, acionistas, comunidade, entre outros.

Vamos destacar dados de pesquisas desenvolvidas junto à grandes Empresas (Top 500 – Fortune) pela Aberdeen Group, Gartner e pesquisas IOB SPED, entre outras e que destacam a relevância deste tema:

  • 98% têm problemas com qualidade de dados
  • 95% reconhecem o valor de soluções de saneamento de dados
  • 94% pretendem investir em tecnologia para saneamento de dados em até 24 meses
  • Nas pesquisas IOB SPED, 88% das empresas sentem insegurança com seus cadastros de produtos
  • No Brasil o volume de compras de uma indústria representa em média de 40% do seu faturamento.
    Ou seja, uma empresa que fatura R$ 300 milhões no ano, compra ao redor de R$ 120 milhões ao ano. (Grande potencial de impactos nos negócios / retornos – ROI´s)

Em nossa próxima conversa vamos tratar dos principais Indicadores de Retorno (ROI) que podem ser obtidos no desenvolvimento de iniciativas de gestão estratégica de dados mestres, com foco em garantir QUALIDADE E CONFIABILIDADE dos mesmos, ou seja, VIABILIZAR a implementação de Projetos de alto valor agregado em toda a cadeia de abastecimento (Supply Chain).

Até mais!

Paulo Zampieri Nunes
Diretor Comercial
Connemat Supply Chain

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo